Oferendas para o povo do oriente

Oferendas ao Povo do Oriente das linhas da Umbanda. Como se sabe, além das Linhas de Umbanda ou, em outras palavras, além da divisão que nos dá aquelas 7 (sete) linhas da Umbanda, há uma outra, por influência dos Bantus (que eram mais liberais) e que nos diz ser a Umbanda dividida nas seguintes principais Linhas.
Amarracao.Org

Como se sabe, além das Linhas de Umbanda ou, em outras pa­lavras, além da divisão que nos dá aquelas 7 (sete) li­nhas da Umbanda, há uma outra, por influência dos Bantús (que eram mais liberais) e que nos diz ser a Umbanda dividida nas seguintes principais Linhas:

  • Linha de Santo ou Linha de Oxalá
  • Linha de Iemanjá
  • Linha do Oriente
  • Linha de Oxóssi
  • Linha de Xangô
  • Linha de Ogiim
  • Linha Africana

Primeira oferenda: Na areia de uma praia de mar, arma-se a seguinte oferenda:

  • Forra-se o chão com uma folha de papel branco e, por cima desta, uma outra de papel rosa;
  • A seguir, no centro, coloca-se uma maçã cortada ao meio;
  • Abre-se um maço de cigarros (barato de prefe­rência) e coloca-se à direita da maçã cortada, junta­mente com uma caixa de fósforos aberta (as cabeças voltadas para o lado oposto ao em que estiver o ofertante);
  • Finalmente, abre-se uma garrafa de vinho bran­co, colocando-se um pouco num copo de papel branco que deverá ser colocado à esquerda da maçã cortada ao meio;

Isto feito, faz-se, então a entrega da oferenda, pedindo-se o que deseja, devendo o pedido ser dirigido a qualquer das Entidades que pertencem às diversas Fa­langes da Linha do Oriente: Indús; Médicos e Cientis­tas; Árabes e Marroquinos, Japonêses, Chineses, Mon-góis e Esquimós; Egípcios, Aztecas e Incas; Maias e Tol- tecas; índios Caraibas, Gauleses, Romanos e Antigos Povos Europeus.

Para melhor orientação, darei, a seguir, quais as Falanges em que é dividida a Linha do Oriente e, bem assim, seus componentes e chefes espirituais.

A Linha do Oriente é divida nas 7 (sete) seguintes Falanges:

  • Falange dos Indús — chefiada por Zartu;
  • Falange dos Médicos e Cientistas — chefiada por José de Arimatéa;
  • Falange dos Árabes e Marroquinos, chefiada por Jimbaruê;
  • Falange dos Japoneses, Chineses, Mongóis e Es­quimós — chefiada por Ori do Oriente;
  • Falange dos Egípcios, Aztecas e Incas, chefiada por Inhoaraí;
  • Falange dos Maias e Toltecas — chefiada por Itaraiaci;
  • Falange dos índios Caraibas, Gauleses, Roma­nos e antigos povos Europeus — chefiada por Marcus, Imperador Romano.

Assim, ao ser feita a entrega da oferenda, o ofertante escolherá, antes, a Falange a que quer dirigí-la (cuja proteção ou interferência deseja) e, então, di­rige-se (mentalizando a entidade, logicamente), de pre­ferência ao chefe espiritual da mesma.

Segunda oferenda: Também na areia de uma praia de mar, arma-se a seguinte oferenda:

  • Abre-se uma folha de papel branco e estende- se no chão e, por cima dele, abre-se e estende-se uma folha de papel rosa;
  • Em cima desses papeis, coloca-se um ramo for­mado de 7 (sete) flores das que são conhecidas como Bastão de São José, amarrado com fitas cor de rosa;
  • A seguir, abre-se uma garrafa de vinho branco e despeja-se um pouco no local, salvando-se o Povo do Oriente e, em especial, a Entidade ou entidade ou Fa­lange (das que pertencem à Linha do Oriente a que se faz a Oferenda;

Finalmente, abre-se uma garrafa de champa­nha e, despejando-se em círculo, em volta da Oferen­da, salva-se novamente as mesmas Entidades e, então, faz-se o pedido que se quer.

Material necessário: — 7 (sete) flores conhecidas como Bastão de São José, uma garrafa de vinho bran­co, uma garrafa de champanha, um pedaço de fita cor de rosa (meio metro mais ou menos), uma folha de 'papel branco e outra de papel (de seda). 

Terceira oferenda: Na areia da beira de uma praia de mar, faz-se o seguinte:

  • No chão, abre-se uma folha de papel de seda branco e, em cima dele, uma outra de papel de seda rosa;
  • A seguir, formando um triângulo, acende-se 3 (três) velas apropriadas;
  • Feito isto, derrama-se, em volta, o conteúdo de um vidro de perfume essência de cravo;
  • Finalmente, circunda-se a oferenda, despejan­do-se em volta, em círculo, o conteúdo de uma garrafa de mel, a qual poderá ser pequena ou grande;

Depois de tudo isto, então, entrega-se a oferen­da, como nos casos anteriores. Não se deverá esquecer de, logo ao chegar ao local em que vai se fazer a oferenda, salvar-se o Povo do Oriente, assim como as enti­dades a que se tem de dirigir em especial.

Material necessário: — uma folha de papel de se­da branco e outra de papel de seda rosa; 3 (três) velas apropriadas; perfume essência de cravo; uma garrafa pequena cu grande de mel de abelha.

Quarta oferenda: — Também na areia de uma praia de mar. Faz-se o seguinte:

  • Forra-se o chão com uma folha de papel de seda branco e, por cima dessa, uma outra de papel de seda rosa;
  • No centro, coloca-se uma vela branca, comum, de cera;
  • Em volta da vela, coloca-se, formando um círculo sete caixas de fósforos abertas (as cabeças voltadas para o centro da oferenda) e, sobre essas caixas de fósforos (um em cima de cada uma das caixas de fósforos), co­loca-se sete charutos de boa qualidade;
  • A seguir, ao lado e ainda sobre os papeis com que se tenha forrado o chão, coloca-se uma garrafa de vinho branco;
  • Isto feito, espalha-se, em volta, também forman­do um círculo, algumas flores brancas (rosas, dálias, crisântemos, etc.);
  • Finalmente, cerca-se tudo despejando-se o vinho branco e colocando a garrafa, de novo, onde já se a havia posto;  
  • E finalmente, faz-se a entrega da oferenda, como nos casos anteriores, acendendo-se, para isso, a vela.

 Material necessário:

  • 1 vela branca, comum, de cera; 7 (sete) charutos de boa qualidade; 7 (sete) caixas de fósforos; 1 garrafa de vinho branco;
  • Flores bran­cas (rosas, dálias, crisântemos, etc.), uma folha de pa­pel de seda branco e outra de papel de seda rosa.

Quinta oferenda: — Na areia de uma praia de mar, como as anteriores, faz-se o seguinte:

  • No chão, coloca-se dois triângulos feitos de papel, sendo um de papel de seda branco e o outro de pa­pel de seda rosa (esses triângulos de papel devem ser equiláteros, isto é, terem os três lados iguais formando um signo de Salomão, ou seja, uma estrela de seis pon­tas; o triângulo branco deverá ficar por baixo;
  • No centro desse signo de Salomão formado por esses 2 triângulos de papel de seda, coloca-se a caixa de fósforos e, por cima dela, o charuto aceso;
  • Firma-se as seis pontas do signo de Salomão formado pelos triângulos de papel de seda, com o mel de uma garrafa, que poderá ser pequena ou grande e que deverá ser colocada ao lado da oferenda e fora dela;
  • Finalmente, como nos casos anteriores, faz-se a entrega da oferenda e o pedido que se quer.

Material necessário:

  • Papel de seda branco e pa­pel de seda rosa;
  • Caixa de fósforos, um charuto de boa qualidade e uma garrafa de mel de abelha.

Sexta oferenda: Na areia de uma praia de mar, arma-se a oferenda da seguinte forma:

  • No chão, coloca-se um círculo de papel de seda branco e, em cima dele, um triângulo de papel de seda rosa;
  • Por cima do triângulo de papel de seda rosa, bem no meio, coloca-se uma taça de cristal ou de vidro de ótima qualidade;
  • Isto feito, acende-se as velas e, logo depois, abre-se a garrafa de vinho branco e despeja-se o vi­nho, primeiramente dentro da taça e, a seguir, desde a base da oferenda até a praia, onde se deixa ficar a gar­rafa que deverá estar já vazia;
  • Aí, então, faz-se a entrega da oferenda, pedin­do-se o que se quer.

Material necessário:

  • Papel de seda branco; pa­pel de seda rosa;
  • Uma taça de cristal ou de vidro de óti­ma qualidade;
  • 7 (sete) velas comuns, brancas, de cera;
  • Uma garrafa de vinho branco de ótima qualidade.

Obs.: Nas oferendas do Povo do Oriente, bem co­mo em quaisquer outras oferendas em que se empre­guem charutos, deverão ser eles de boa qualidade e, ao serem colocados, deverão ser, antes, retirados dos invólucros em que são acondicionados.

 

It is coated with Super-LumiNova? luminous coating, this replica watches uk sports dial is very careful in the details of replica watches the design, plus scratch-resistant, anti-reflective coated mirror, with replica watches online brown suede calfskin perforated strap, in the material structure, this The practicality of replica watches swiss the models is strong, and the mechanical watch has a power reserve of 46 hours.